top of page

Voando alto

Azul decola rumo à neutralidade climática


Por: equipe de comunicação da ARCA Sustentabilidade


Muita gente já sabe que, em janeiro, a Azul se tornou a primeira companhia aérea da América Latina a ter a meta SBTi de médio prazo (até 2030) aprovada. O que pouca gente sabe é que nós, da ARCA Sustentabilidade, tivemos um discreto, porém estratégico papel nesta conquista. É essa história que vamos contar hoje.

 

A Azul vem contando com a consultoria da ARCA em diversos momentos desde 2020, para realização de projetos ou entrega de demandas específicas relacionados ao combate às mudanças climáticas. Isso já incluiu, por exemplo, Inventário de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) - utilizando o Sistema ARCA ESG – e a resposta a questionários do CDP.

 

Assim, quando a companhia aderiu ao compromisso “Business Ambition for 1,5°C”, em 2021, surgiu então a demanda de elaborar metas de reduções de emissões de médio e longo prazo em busca da neutralidade das emissões. Foi aí que, mais uma vez, a Azul contou com a nossa consultoria, para elaboração da meta de redução de emissões de acordo com a Science Based Targets Initiative (SBTi) - colegiado que reúne instituições globais que lidam com o tema das mudanças climáticas.

 

O trabalho a ser submetido à SBTi foi realizado ao longo de 2022/23 e envolveu:

 

  • Aprofundamento em materiais técnicos acerca da descarbonização do setor de aviação

  • Discussão e capacitação sobre temas como ano-base e ano-meta

  • Levantamento de todas as emissões para atender os critérios da SBTi

  • Elaboração de benchmark completo de organizações mundiais que já possuíam metas aprovadas para que a Azul, de acordo com seu contexto geográfico e operacional, pudesse se colocar de forma estratégica

  • Projeções do perfil de emissões a ser seguido ano a ano para atingimento da meta

  • Acompanhamento durante todo o processo de validação do avaliador do SBTi para a aprovação da meta

 

Agora, o próximo passo é a Azul submeter à aprovação da SBTi a meta de redução de emissões mirando 2045 e, desta forma, ter certificada sua ambição da tão desejada neutralidade climática, ao mesmo tempo em que estabelece o exemplo necessário para a descarbonização do setor de aviação civil

54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page